O Modelo Atômico de Dalton

No fim do século XVIII, muitos conhecimentos sobre as transformações químicas tinham sido adquiridos e cientistas buscavam explicações para os fenômenos que observavam, além de sentirem a necessidade de representá-los.

John Dalton (1766-1844) foi um dos cientistas que buscou explicar os aspectos quantitativos relacionados às transformações químicas. O foco de seu estudo era a solubilidade de gases. Ele se decide por aceitar a idéia defendida por Lavoisier de que os gases são formados por corpúsculos.

Dalton propõe, então, que para diferenciar os corpúsculos dos gases, teria que ser levada em conta a massa, ou seja, que átomos de gases diferentes têm massas diferentes e átomos de gases iguais têm a mesma massa.

Ele passa a estudar as quantidades envolvidas nas transformações químicas e usa a Lei de Proust como base para sua hipótese atômica formulada do seguinte modo:

  • Toda matéria é formada por átomos, que são as menores partículas que a constituem.
  • Os átomos são indestrutíveis e indivisíveis, mesmo quando participam de transformações químicas.
  • As transformações da matéria são recombinações de átomos.
  • Átomos de elementos iguais apresentam massas iguais, e átomos de elementos diferentes apresentam massas diferentes.

Por elemento, Dalton assume a definição proposta por Lavoisier: elemento é toda substância que atingiu sua última fase de análise, ou seja, que não mais se decompõe.

Dalton representava os átomos utilizando símbolos, para o hidrogênio, por exemplo, usava   , nessa representação, o símbolo de um elemento indicava não só o elemento, mas também um átomo dele com massa característica. Esse tipo de representação dos elementos químicos se mostrou pouco prático, e por isso, outros químicos sugeriram novas formas de apresentação. O sueco Berzelius (1779-1848) propôs usar a primeira letra em maiúscula do nome do elemento em latim; com isso, o hidrogênio passou a ser simbolizado por H. Essa representação é utilizada até hoje, e quando há elementos cujos nomes começam com a mesma letra, acrescenta-se uma segunda letra (em minúsculas) como o nitrogênio (nitrogen), símbolo N, e o sódio (natrum), símbolo Na.

Para Dalton, as fórmulas e as representações das transformações químicas (equações químicas) também indicavam quantidades. Por exemplo, a representação a seguir indicava a formação da água e seria interpretada como:


Um problema que se apresentava era a determinação das massas dos átomos. Como é impossível medir a massa de um átomo, Dalton analisou as relações entre as massas dos reagentes envolvidos na formação de substâncias hidrogenadas, ou seja, transformações químicas entre diferentes substâncias e o gás hidrogênio. Ele admitiu que o elemento hidrogênio tinha massa atômica 1 e com isso pôde estimar as massas de outras substâncias. Por exemplo, na decomposição da água, Dalton obteve 98 partes de oxigênio para 14 partes de hidrogênio, dando uma proporção aproximada de 7:1. Dessa maneira, admitiu que a massa dos átomos de oxigênio, era aproximadamente 7 vezes maior que as massas dos átomos de hidrogênio, e fez o mesmo para outros compostos hidrogenados.

Contudo, experimentos e estudos do químico francês Gay Lussac (1778-1850), do físico italiano Avogadro (1776-1856) e de Berzelius mostraram que a partícula de água era constituída por 2 átomos de hidrogênio e 1 de oxigênio, e portanto a massa atômica desse último, não seria 7, como propôs Dalton. Assim, as determinações das massas atômicas foram revistas e atualmente esses valores são determinados utilizando o carbono como padrão.

Algumas massas atômicas de Dalton

Massa Atômica | Nome Atual em Português

1          Hidrogênio

5          Nitrogênio

5          Carbono

7          Oxigênio

9          Fósforo

13       Enxofre

50       Ferro

56       Zinco

90       Chumbo

100     Prata

190     Ouro

190     Platina

157     Mercúrio

56       Cobre


Conteúdo do Caderno São Paulo Faz Escola – Vol. 2 – 1º série do Ensino Médio

O modelo atômico de Dalton foi comparado ao uma bola de bilhar, porque não considerava o aspecto eletrônico da matéria (elétrons, prótons, etc) e também pelo fato de ser considerado maciço e indivisível.

Sobre Walquíria Paiva

Walquíria, é casada com Bruno Paiva e reside em Jandira/SP. É formada em Licenciatura em Química e Bacharelado em Química Analítica e Ambiental pelo Centro Universitário de Caratinga/MG. É pós-graduada em Ética, Valores e Cidadania na Escola pela UNIVESP/USP. Estuda Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância pela UFF/UAB. Tem experiência em Controle de Qualidade de Laticínios. É pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular no Parque Santa Tereza - Jandira/SP. Tem cursos na área de piano e teclado. Leciona a disciplina de Química na rede pública estadual de São Paulo. Gosta de música, edição de imagens, artesanato e blogs.
Esse post foi publicado em 1ª série - EM e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

17 respostas para O Modelo Atômico de Dalton

  1. diego disse:

    Muito bom por enquanto foi o site mais completo que achei.

  2. carla disse:

    muito bom

  3. deivid disse:

    muito bom ..excelente site

  4. deivid disse:

    este site traz informações boas para o nosso conhecimento

  5. Douglas Michailuc Zeman disse:

    este site é importante para ampliar nosso conhecimento em diversos aspectos que centraliza amplitude da quimica e transformando pessoas em futuros quimicos, conhecedores da materia e diversoss outros pontos, principalmente as teorias que sustenta nossa compreensão atual.

  6. karina disse:

    sait muito importante

  7. Grazy disse:

    muito bom agora sei como foi o seu pensamento e modelo.

  8. Vanessa de Souza disse:

    muito bom, esse site nos traz muito conhecimento e nos ensina muitas coisas…

  9. Debora Lisboa disse:

    Muito Bom!!!! Gostei

  10. jonathan de m. lavareda disse:

    muito bom ainda mais pra mim que preciso apresentar seminario sobre este assunto

  11. gabriel disse:

    Bom D+!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. Myellen disse:

    Muito bom, agora sim vou fazer um ótimo teste.

  13. Steve Jobs disse:

    espero que a professora não perceba q eu copiei daqui rsrs, brincadeira mt bom :D

  14. analia batista de oliveira disse:

    bão de mais já posso fazer minha prova de quimica tranquila.

  15. Emanuela de Souza disse:

    Gostaria da representação do modelo atomico.

  16. gleyziele rodrigues disse:

    otimo gostei mt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s